BR 285, Km 142 - CX. P. 107 | Vacaria/RS - 95200-000
(54) 3231.1132 | (54) 9 9711.0640
Sementes com Vigor

Você está em Blog > Artigos > Incrementando a rotação de culturas com Trigo Mourisco

Incrementando a rotação de culturas com Trigo Mourisco

30 de maio de 2018 | Artigos

Buckwheat, Trigo Saraceno ou Trigo mourisco é uma planta herbácea, anual de ciclo curto, dicotiledônea da família das poligonáceas com nome científico de Fagopyrum esculentum Moench. Esta espécie produz grãos de coloração escuro que ao retirar a casca destes é obtido uma farinha de cor branca livre de glúten. Para retirar esta casca é necessário uso equipamentos especiais pois a dureza do grão é bem elevada.

Esta espécie não possui parentesco algum com a monocotiledônea que cultivamos o Triticum aestivum L. conhecido como Trigo da família das Gramineae. O Mourisco é originário das regiões centrais da Ásia e foi introduzido no Brasil no século 20 por imigrantes. Na década de 60 e 70 era uma planta muito cultivada na região de Vacaria como conta Sr. Mario José Basso, fundador da Sementes MJB, atual Sementes Com Vigor – “Naquela época cultiva duas vezes por ano, semeava em outubro, colhia em Janeiro!” Pela deiscência natural dos grãos outra lavoura era formada naturalmente para posterior colheita em Abril/maio. Naquela época a produção dos grãos era exportada para o Japão. Atualmente temos que redescobrir o mercado do Mourisco, no momento que começarmos a ter maiores produções temos que reiniciar o mercado de trigo mourisco, ou para consumo interno ou para exportação.

Trigo Sarraceno é ideal para uma dieta celíaca (livre de gluten), uma planta nutracêutica e que possui diversas formas de se utilizar na alimentação humana pensando e dietas saudáveis! Conforme FERREIRA 2012, as principais características benéficas ao consumo humano são: alto teor de proteína, balanço de aminoácido equilibrado, perfil lipídico contendo gorduras insaturadas, e alto teor de rutina. A rutina é uma importante substância terapêutica que influencia favoravelmente, entre outros aspectos, na redução da pressão sanguínea e estimula o organismo a utilizar a vitamina C. Também pode ser utilizada para alimentação animal pelo rápido crescimento e alto valor nutritivo conforme referências citadas no fim deste texto. Pela sua floração abundante e grande produção de néctar tem grande potencial para produção de mel.

Uma cultura rústica, grande tolerância à acidez e capacidade de utilização de fósforo e potássio pouco solúveis no solo, este consegue bom desenvolvimento em solos pobres, sendo assim de amplo cultivo, deve-se evitar solos úmidos pois não tem grande tolerância a solos encharcados. Semear sempre longe do frio, pois é suscetível a geadas!  Pode-se semear não utilizando adubo pela sua alta rusticidade, mas sim pode haver resposta positiva em produtividade ao realizar adubação com NPK.

Buckwheat tem duas janelas de plantio dentro de um esquema de rotação de grandes culturas quando pensamos em Soja e Milho como culturas principais. Pode ser semeado na primavera ou fim do inverno, quando não ocorrem mais geadas e o solo tem temperatura elevado (em torno de 15 graus). Semeando fim de agosto ou setembro consegue-se colher mourisco em fim de novembro, início de dezembro e semear ainda soja.

Outra janela de plantio é quando semeamos milho hiperprecoce ou soja hiperprecoce e colhemos em janeiro/fevereiro/março – depois dessa colheita semeamos o trigo mourisco (cultivo de fim de verão ou outonal) com intuito de colher antes das primeiras geadas do ano – geralmente 75 dias após plantio se dá a colheita caso semear a cultivar IPR 91 Bali que é a variedade que a Sementes Com Vigor comercializa pois é a mais precoce que se encontra no mercado.

A população recomendada pode variar de 300 a 1000 plantas por metro quadrado. Ainda existem poucos estudos para avaliar qual a melhor densidade de plantas no trigou mourisco conforme FERREIRA 2012 comenta, caso a intenção de plantio seja para supressão de plantas daninhas ou cobertura do solo deve-se utilizar maiores populações, caso seja colheita de grãos pode-se reduzir o número de plantas. Para calcular quantos quilos vai por hectare precisamos saber o peso de mil sementes da cultura. A média dos lotes da Sementes Com Vigor é de 30 gramas. Assim com intenção de termos em torno de 400 plantas por metro quadrado precisamos utilizar ao redor de 120kg de sementes por hectare.

Uma cultura pouco semeada sem doenças de grandes riscos constatadas assim não é necessário uso de fungicidas. Alguns pesquisadores citam que o Mourisco pode auxiliar na redução de populações de nematoides. Necessita polinização cruzada para gerar grãos desta forma a presença de abelhas é essencial sendo obrigatório o cuidado com inseticidas não seletivos a abelhas. Formigas podem ser um problema sério para o Mourisco assim monitorar e usar iscas ou tratamento de sementes com inseticida específico para formigas pois é a forma menos agressiva ao meio ambiente. Não existe nenhum herbicida registrado para a cultura, mas é necessário o controle de plantas daninhas no cultivo para evitar misturar com outros grãos cultivados.

Em condições ideias essa poligonácea pode produzir até 3600 kg de grãos. Sua maturação é desuniforme, assim quando 60% a 70% dos grãos estiverem completos e com coloração escura deve-se dessecar a lavoura para poder realizar uma colheita mecânica. Para minimizar as perdas evitar períodos chuvosos para dessecar pois caso ocorra algum evento intenso de chuvas os grãos todos podem cair das plantas perdendo sua produção.

Pelo exposto a introdução de trigo mourisco na rotação de culturas pode trazer diversos benefícios como melhor absorção de fosforo do solo e menor adsorção de fósforo pelas argilas, reciclagem de nutrientes como nitrogênio e potássio, maior produção de biomassa em curto período de tempo pelo rápido crescimento, menor erosão do solo evitando o solo descoberto após a colheita de soja e milho, redução de nematoides no solo, controle de plantas daninhas pelo rápido crescimento e alelopatia, outra planta introduzida no sistema aumentando a flora do solo com bactérias benéficas e o mais importante de tudo trazendo mais uma renda ao agricultor pelo seu baixo custo de implantação, ciclo curto para produção de grandes quantidades de grãos.


REFERÊNCIAS

FERREIRA, D.B. Efeito de diferentes densidades populacionais em características agronômicas de trigo mourisco (Fagopyrum esculentum, Moench). Universidade de Brasília Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária. Brasília, DF. 2012. Monografia. Acesso em http://bdm.unb.br/bitstream/10483/4099/1/2012_DanielBarcelosFerreira.pdf

ORSO, G. A. Teste de vigor em sementes de trigo Mourisco (Fagopyrum esculentum moench) cultivar IPR-92-Altar. Faculdade Assis Gurgacz,Cascavel, 2010.Acesso em: https://www.fag.edu.br/upload/revista/cultivando_o_saber/592735dc96cae.pdf

https://www.greenme.com.br/alimentar-se/alimentacao/2848-tudo-que-voce-queria-saber-sobre-o-trigo-sarraceno - alimentação humana

http://www.scielo.br/pdf/rbspa/v17n4/1519-9940-rbspa-17-04-0599.pdf - Alimentação animal

http://www.mundoboaforma.com.br/10-beneficios-do-trigo-sarraceno-como-preparar-e-dicas/

http://agrobranco.blogspot.com.br/2012/03/trigo-mourisco-sarraceno.ht

Artigos

Acompanhe

Leia também

Sementes com Vigor entrega germinação elevada e ...

Palavras do Engenheiro Agrônomo e Consultor de Vendas da Sementes Com Vigor na região sul, Márcio Pacheco Ribeiro sobre semeadura ...

Geral
Dias de Campo tratou sobre as Variedades de Soja ...

A Manhã de Campo da Sementes Com Vigor realizada no dia 02/03/2018 foi um grande sucesso! Mais de 190 pessoas participaram do encontro que ...

Geral

54 3231.1132
54 9 9711.0640
BR 285, Km 142 - CX. P. 107
Vacaria/RS - 95200-000

Acompanhe

desenvolvimento Six interfaces